Resenha: Livre-se das Dívidas

Tempo de leitura: 2 minutos

Reinaldo Domingos é doutor em Educação Financeira, palestrante, educador e terapeuta financeiro, escritor de várias obras dentre elas o best seller Terapia Financeira . Criador da metodologia DSOP de Educação Financeira.

Livre-se das Dívidas, aborda o endividamento não como um problema em si, considerando-o em alguns casos como um atalho para a realização dos sonhos.

Para o autor o problema está no endividamento inconsciente, derivado da ausência de educação financeira. Ao longo da leitura percebe-se o clico do endividamento causas, meios e efeitos. O autor  compara esse ciclo a um iceberg que se forma lentamente.

 

A primeira parte do livro, fala sobre as dívidas de valor, tendo a casa própria e o automóvel,  como os dois maiores sonhos dos brasileiro. Faz comparativos sobre alugar um imóvel e poupar, comprar em prazos mais longos usando financiamentos, entre outros.  Trata sobre a necessidade de se avaliar os custos indiretos envolvidos, bem como de reserva financeira estratégica, quando da decisão de compra. Orienta sobre o que fazer no caso de dificuldade ou impossibilidade de quitação das parcelas do financiamento. Sobre o sonho do automóvel, demonstra seu  custo real, e comenta o que fazer no caso de inadimplência.

 

A segunda parte trata das dívidas sem valor, que são aquelas normalmente  realizadas por impulso. O individuo acredita que consumir é um dos maiores prazeres da vida, que não sabe mais viver sem um parcelamento, descreve Reinaldo. Também alerta sobre a ilusão do crédito fácil, cuidados com utilização de cartões de crédito, cheque especial como extensão do salário, e o que fazer para o caso de já estar endividado.

 

Quebrando o ciclo, é a terceira e última parte. Quem já está no “olho do furacão”, com “nome sujo”, tende a ficar girando em torno do problema, e  pensa não haver mais solução. O livro responde com orientação para ações a serem tomadas, de maneira que se assuma o controle da vida financeira  através de alicerces sólidos.

 

Os 10 mandamentos para não se endividar:

1- Diagnosticar – Fazer um diagnóstico financeiro DSOP anualmente;

2- Sonhar – Reunir a família e definir tres sonhos para curto, médio e longo prazo;

3- Orçar – Elaborar um orçamento financeiro DSOP (priorizando sonhos);

4- Poupar – Guardar mensalmente parte do ganho para os sonhos ;

5- Gastar sempre menos do que ganha;

6- Ter limites de cartão de crédito inferiores aos seus rendimentos (50% do ganho);

7- Evitar cheque especial, se possível nem ter;

8- Manter reservas para situações emergenciais;

9- Distinguir o que é essencial do supérfluo, reduzindo o excesso das despesas;

10- Comprar sempre à vista com desconto.

 

Comentários:

Indico a leitura mesmo para os que não estão endividados.  Sou Educadora Financeira DSOP.  Posso orienta-lo através da terapia financeira.  Deixe seu comentário ou se preferir faça sua solicitação no e mail:  anapacheco@dinheiroeduca.com.

Fique bem !

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *